Mickael e Laura: Será que há amor?

O casal rumou para o sul do país onde foi visto a passear em clima de romance.

Laura Figueiredo e Mickael Carreira estão cada vez mais próximos. Depois de terem sido vistos a sair de um restaurante em plena Avenida da Liberdade, em Lisboa, onde tiveram um jantar a dois, a apresentadora e o cantor – que têm feito de tudo para manter a descrição – desceram até ao sul do país para uns dias de descanso.

Mickael Carreira, de 26 anos, e Laura Figueiredo, de 25, estiveram no Algarve, numa das zonas mais movimentadas: Vilamoura. O casal foi visto «muito juntinho» a passear na Marina. No domingo o cantor publicou uma fotografia na sua página oficial de facebook onde dizia «no relax». Mas não revelou se estava acompanhado.

Se o amor está no ar, se é um romance ou uma paixão de verão, só os dois o poderão dizer e no futuro se verá. O que é certo é que o filho mais velho de Tony Carreira e uma das apresentadoras do ‘Fama show’ (SIC) estão cada vez mais próximos. Laura e Mickael já se conhecem há algum tempo, mas só agora o sentimento de amizade poderá estar a evoluir para algo mais. O casal tem tentado ser o mais discreto possível, principalmente depois de terem sido reconhecidos. Mas quem os viu garante que ali há mais do que uma simples amizade.

 

 

 

 

Globos de Ouro 2012 de Portugal!

Cerimónia ocorreu este domingo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e homenageou os melhores do ano passado em diversas categorias.

Estão entregues os Globos de Ouro 2012. A cerimónia realizou-se este domingo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Na música, destaque para os Amor Electro,  vencedores do Globo para Melhor Banda e Melhor Música, com ‘A Máquina’.  Na sétima arte, ‘Sangue do Meu Sangue’ venceu Melhor Filme, enquanto  que os prémios para Melhor Ator e Melhor Atriz foram para Nuno Melo e Rita Blanco, respetivamente. No desporto, Telma Monteiro conquistou o Globo de Melhor Desportista  Feminino e Cristiano Ronaldo o de Melhor Desportista Masculino. A  distinção de Melhor Treinador foi para André Villas-Boas, vencedor de  quatro títulos pelo FC Porto, na época passada.

Eis a lista de nomeados e vencedores:

Música 
Melhor Grupo

Buraka Som Sistema – ‘Koma’; Clã – ‘Disco Voador’; Dead Combo – ‘Lisboa Mulata’; Amor Electro – ‘Cai o Carmo e a Trindade’ (VENCEDOR)

Melhor Intérprete Individual

Jorge Palma – ‘Com todo o Respeito’ (VENCEDOR)

Luísa Sobral – ‘The Cherry On My Cake’ ; Sérgio Godinho – ‘Mútuo Consentimento’ Fernando Alvim – ‘Fados & Canções do Alvim’

Melhor Música

‘A Pele Que Há Em Mim’ – Márcia com JP Simões ;  ‘Asas Delta’ – Clã ; ‘Página Em Branco’ – Jorge Palma

‘A Máquina’ – Amor Electro (VENCEDOR)

Cinema

Melhor Ator

Fernando Luís – ‘América’ ;  Rafael Morais – ‘Sangue do Meu Sangue’

Nuno Melo – ‘O Barão’ (VENCEDOR)

Nuno Lopes – ‘Sangue do Meu Sangue’

Melhor Atriz

Beatriz Batarda – ‘Cisne’ ;  Maria de Medeiros – ‘Viagem a Portugal’

Rita Blanco – ‘Sangue do Meu Sangue’ (VENCEDOR)

Anabela Moreira – ‘Sangue do Meu Sangue’

Melhor Filme

‘O Barão’ – Edgar Pera ;  ‘Viagem a Portugal’ – Sérgio Tréfaut

‘Sangue do Meu Sangue’ – João Canijo (VENCEDOR)

‘América’ – João Nuno Pinto

DESPORTO


Melhor Desportista Feminino

Ana Dulce Félix – Atletismo

Telma Monteiro – Judo (VENCEDOR)

Teresa Portela (Canoagem) ;  Naide Gomes – Atletismo

Melhor Desportista Masculino

Armindo Araújo – Automobilismo ;  Hélder Rodrigues – Motociclismo

Cristiano Ronaldo – Futebol (VENCEDOR)

João Pina – Judo

Melhor Treinador

Mário Palma – Basquetebol ; Domingos Paciência – Futebol

André Villas-Boas – Futebol (VENCEDOR)

José Mourinho – Futebol

TEATRO

Melhor Atriz

Catarina Wallenstein – ‘Não se Brinca com o Amor’

Sandra Faleiro – ‘Quem tem medo de Virginia Woolf’ (VENCEDOR)

Mónica Calle – ‘Recordações de uma Revolução’ ; Luísa Cruz – ‘A Varanda’

Melhor Ator

António Fonseca – ‘Vermelho‘

Ivo Canelas – ‘Amadeus’ (VENCEDOR)

Elmano Sancho – ‘Não se Brinca com o Amor’ ;  Dinarte Branco – ‘Morte de Judas’

Melhor Peça/Espetáculo

‘A Lua de Maria Sem’ – Maria João Luís

‘A Varanda’ – Luís Miguel Cintra (VENCEDOR)

‘Recordações de uma Revolução’ – Mónica Calle ;  ‘Vermelho’ – João Lourenço

MODA 

Melhor Modelo Masculino

Bruno Rosendo Jonathan e Kevin

Gonçalo Teixeira (VENCEDOR)

Luís Borges

Melhor Modelo Feminino

Jani

Sara Sampaio (VENCEDOR)

Milena Cardoso Matilde

Melhor Estilista

Luís Buchinho;  Felipe Oliveira Baptista

Miguel Vieira (VENCEDOR)

Os Burgueses

Prémio de Mérito e Excelência

Francisco Pinto Balsemão

Prémio Revelação do Ano

Amor Electro  – Música

Nélson Oliveira – Desporto (VENCEDOR )

Luísa Sobral – Música ;  Ângelo Rodrigues – Representação

 

Idolos 2012, os Finalistas!

E muitos foram os que ficaram para trás neste grande aventura dos “Idolos” 2012 portugueses.

Custou mas foi, eis os 14 finalistas dos Idolos deste ano:

  • Pablo Oliveira, 16 anos, Costa da Caparica
  • Solange Muxanga, 19 anos, Oeiras
  • André Abrantes, 22 anos, Ericeira
  • Mónica Mendes, 18 anos, Cascais
  • Paulo Marques, 19 anos, Santo António dos Cavaleiros
  • Inês Herédia, 22 anos, Estoril
  • Mariana Domingues, 17 anos, Maia
  • Catarina Almada, 23 anos, Porto
  • André Cruz, 18 anos, Lisboa
  • Teresa Queirós, 24 anos, Lisboa
  • Débora Teixeira, 18 anos, Chaves
  • Diogo Piçarra, 21 anos, Faro
  • Margarida Marques, 17 anos, Cuba
  • João Seilá, 20 anos, Rio Maior

Morreu Bernardo Sassetti!

Com apenas 41 anos de idade, Bernardo Sassetti, pianista e compositor português, morre de forma trágica, devido a queda numa falésia do Guincho.

Segundo a editora do pianista, a Clean Feed, Sassetti estava a realizar um sessão fotográfica no Guincho, quando caiu de uma falésia. O corpo foi encontrado esta manhã, já sem vida.

Bernardo Sassetti nasceu em Lisboa a 24 de julho de 1970 e era um dos bisnetos do Presidente da República, Sidónio Pais. Desde tenra idade, demonstrou interesse pela música, tendo ido apenas com 9 anos aprender piano com a professora Maria Fernanda Costa e mais tarde com António Meneres Barbosa, onde frequentou a Academia dos Amadores de Música.

Posteriormente, dedicou-se ao jazz, com Zé Eduardo, Horace Parlan e Sir Roland Hanna.

Foi no ano de 1987 que iniciou a sua vida profissional com atuações em concertos e clubes locais, sendo um dos elementos do quarteto de Carlos Martins e o Moreiras Jazztet.

Participou em inúmeros festivais de prestígio com nomes sonantes do mundo da música como, Art Farmmer, Kennie Wheeler, Paquito D´Riveira entre outros.

Já como compositor escreveu ‘Ecos de África’, ‘Sons do Brasil’, ‘Mundos’, ‘Fragments (Of Cinematic Illusion)’, ‘Entropé’  e ‘4 Movimentos Soltos’ .

O seu primeiro trabalho discográfico como líder, ‘Salsetti’ , foi gravado em Abril de 1994.

‘Nocturno’, o seu terceiro trabalho, lançado pela editora Clean Feed em 2002, foi distinguido com o 1.º Prémio Carlos Paredes.

Realizou também vários trabalhos ilustres para o cinema, onde podemos destacar ‘O Talentoso Mr. Ripley’, de Anthony Minguella.

Bernardo Sasseti deixa mulher, a atriz Beatriz Batarda, e duas filhas.

O casal sensação de Inglaterra! Jonathan, o novo Paul Potts?

Estava a vasculhar videos no famoso site youtube quando me deparo com um casal de jovens, Jonathan e charlotte que foram fazer o seu casting ao Britain’s got talent. E para não variar tanto o juri como o publico quando viu a aparência de Jonathan disse logo: “Olha mais outro que não sabe o que cá veio a fazer”. E tanto a cara do juri como as expressões do publico demonstravam uma expressão de gozo.

Mas eis que Jonathan e Charlotte começaram a cantar, e eis que todos se arrependeram do que possam ter pensado antes de os ouvirem. Quero-vos apresentar então Jonathan e Charlotte com o video que vou deixar aqui em baixo. E mais uma vez tiramos uma lição: Não se deve julgar as pessoas pela aparência, pois elas podem ter um mundo encantado dentro delas melhor que a máscara de cada um! 🙂

Parabéns Jonathan e Charlotte, a vossa humildade demonstrou que ainda boas pessoas neste mundo com muito para mostrar!

Aqui está o video do casting deles em Inglaterra:

Viva Abril ! 25 de Abril sempre!

Este golpe, normalmente conhecido pelos portugueses como 25 de Abril, foi conduzido por um movimento militar, o Movimento das Forças Armadas (MFA), composto por oficiais intermédios da hierarquia militar, na sua maior parte capitães que tinham participado na Guerra Colonial e que foram apoiados por oficiais milicianos, estudantes recrutados, muitos deles universitários.

Sem apoios militares, e com a adesão em massa da população ao golpe de estado, a resistência do regime foi praticamente inexistente, registando-se apenas quatro mortos em Lisboa pelas balas da DGS. Após o golpe foi criada a Junta de Salvação Nacional, responsável pela nomeação do Presidente da República, pelo programa do Governo Provisório e respectiva orgânica. Assim, a 15 de Maio de 1974 o General António de Spínola foi nomeado Presidente da República. O cargo de primeiro-ministro seria atribuido a Adelino da Palma Carlos.

A primeira reunião clandestina de capitães foi realizada em Bissau, em 21 de Agosto de 1973. Uma nova reunião, em 9 de Setembro de 1973 no Monte Sobral (Alcáçovas) dá origem ao Movimento das Forças Armadas.

No dia 24 de Março, a última reunião clandestina dos capitães revoltosos decide o derrube do regime pela força. Prossegue a movimentação secreta dos capitães até ao dia 25 de abril. A mudança de regime acaba por ser feita por acção armada.

No dia 24 de Abril de 1974, um grupo de militares comandados por Otelo Saraiva de Carvalho instala secretamente o posto de comando do movimento golpista no quartel da Pontinha, em Lisboa.

Às 22h 55m é transmitida a canção E depois do Adeus, de Paulo de Carvalho, pelos Emissores Associados de Lisboa, emitida por João Paulo Diniz. Este é um dos sinais previamente combinados pelos golpistas, que desencadeia a tomada de posições da primeira fase do golpe de estado.

O segundo sinal é dado às 0h20 m, quando a canção Grândola, Vila Morena de José Afonso é transmitida pelo programa Limite, da Rádio Renascença, que confirma o golpe e marca o início das operações. O locutor de serviço nessa emissão é Leite de Vasconcelos, jornalista e poeta moçambicano. Ao contrário de E Depois do Adeus, que era muito popular por ter vencido o Festival RTP da Canção, Grândola, Vila Morena fora ilegalizada, pois, segundo o governo, fazia alusão ao comunismo.

O golpe militar do dia 25 de Abril tem a colaboração de vários regimentos militares que desenvolvem uma acção concertada. No Norte, uma força do CICA 1 liderada pelo Tenente-Coronel Carlos de Azeredo toma o Quartel-General da Região Militar do Porto. Estas forças são reforçadas por forças vindas de Lamego. Forças do BC9 de Viana do Castelo tomam o Aeroporto de Pedras Rubras. Forças do CIOE tomam a RTP e o RCP no Porto. O regime reage, e o ministro da Defesa ordena a forças sediadas em Braga para avançarem sobre o Porto, no que não é obedecido, dado que estas já tinham aderido ao golpe.

À Escola Prática de Cavalaria, que parte de Santarém, cabe o papel mais importante: a ocupação do Terreiro do Paço. As forças da Escola Prática de Cavalaria são comandadas pelo então Capitão Salgueiro Maia. O Terreiro do Paço é ocupado às primeiras horas da manhã. Salgueiro Maia move, mais tarde, parte das suas forças para o Quartel do Carmo onde se encontra o chefe do governo, Marcelo Caetano, que ao final do dia se rende, exigindo, contudo, que o poder seja entregue ao General António de Spínola, que não fazia parte do MFA, para que o “poder não caísse na rua”. Marcelo Caetano parte, depois, para a Madeira, rumo ao exílio no Brasil.

O cravo vermelho tornou-se o símbolo da Revolução de Abril de 1974. Segundo se conta, foi uma florista de Lisboa que iniciou a distribuição dos cravos vermelhos pelos populares que os ofereceram aos soldados. Estes colocaram-nos nos canos das espingardas. Por isso se chama ao 25 de Abril de 74 a “Revolução dos Cravos”.

Concorrentes de “A tua cara não me é estranha 2”

E aqui estão os concorrentes do programa de “A tua cara nao me é estranha 2”. Tantos nomes se falaram para os possiveis concorrentes da segunda edição deste programa e aqui está a confirmação que veio directamente do site da TVI.

As vozes que já conquistaram o programa ‘Idolos’ !

O programa ‘Idolos’ estreou dia 25 de Março, e na minha opinião ja conquistou os portugueses. Apesar de até agora ainda só uma unica voz me ter surpreendido, muitas delas já andam a fazer sucesso pelo mundo cibernáutico.

São elas: 

Pedro Macieiras, conquistou o jurado com o seu primeiro tema acompanhado de guitarra, já o segundo tema teve um pouco mais fraco, na minha opinião, mas acho compreensivel visto que estão expostos ao nervos no casting.

Anabela Silva, gostei da voz mas não agradou ao Manel. Pode ser que na fase do teatro se saia melhor e consiga conquistar o Manel.

David Gurita, o rapazito até tem uma avó gaga, porque não ser um Homem gaga deste concurso? Mas deixando brincadeiras de parte esteve bem.

E mais virão.. estejam atentos 🙂

Eric Clapton faz hoje anos!

Eric Patrick Clapton, nascido em Ripley a 30 de março de 1945, é um guitarrista, cantor e compositor britânico. Apelidado de Slowhand, foi considerado o segundo melhor guitarrista do mundo pela revista norte-americana Rolling Stone.

Embora o seu estilo musical tenha variado ao longo de sua carreira, Clapton sempre teve as suas raízes ligadas ao blues. Clapton foi considerado inovador pelos críticos em várias fases distintas da sua carreira, atingindo sucesso tanto de crítica quanto de público e tendo várias canções listadas entre as mais populares de todos os tempos, tais como “Layla”, “Wonderful Tonight” e a regravação de “I Shot the Sheriff”, de Bob Marley.

Muitas tragédias invadiram a vida de Clapton, mas no começo do ano 1990, a tragédia voltaria a atormentar a vida de Clapton em duas ocasiões. No dia 27 de agosto de 1990 o guitarrista Stevie Ray Vaughan (que estava em turnê com Eric) e dois membros de sua equipe de apoio morreram num acidente de helicóptero.

No ano seguinte, em 20 de março de 1991, Conor, filho de quatro anos de Clapton com a modelo italiana Lori Del Santo, morreu depois de cair da janela de um apartamento. Um instantâneo da dor de Clapton pôde ser visto com a canção “Tears In Heaven” que dedicou ao filho, uma música cheia de sentimento que na minha opinião é uma das músicas mais bonitas que já ouvi, vale mesmo apenas ouvir.

Vale a pena ouvir: